Capitão América agrada, mas não marca

Um dos posters do filme "Capitão América - O Primeiro Vingador" (Foto: Divulgação)

Postado por: Jacqueline Elise

Muito tempo se aguardou desde que o anúncio do filme Capitão América – O Primeiro Vingador foi feito. Com um elenco que contava com bons nomes e uma super produção, os fãs ficaram esperançosos e apreensivos quanto ao resultado final: a escolha das roupas, a explicação da história (nem tudo que ocorre nos quadrinhos soa tão plausível nos cinemas), a atuação de Chris Evans em mais um filme hollywoodiano sobre heróis (seu primeiro papel do gênero foi em O Quarteto Fantástico, que não gerou muitas críticas positivas). Será que Capitão América vingaria sua aparição e sua demora? Tudo aponta que sim, mas talvez não tenha sido tão marcante como os outros Vingadores que já passaram pelos telões.

 O filme conta a história de Steve Rogers (Evans), um garoto de aparência física frágil que tenta de qualquer modo entrar em um programa experimental do exército americano para lutar durante a Segunda Guerra Mundial. Mesmo tendo sido rejeitado diversas vezes, ele persiste em sua decisão até que encontra o Dr. Abraham Erskine (Stanley Tucci) disposto a depositar sua fé nele. Com a ajuda da oficial Peggy Carter (Hayley Atwell), Coronel Chester Phillips (Tommy Lee Jones), seu amigo Bucky (Sebastian Stan) e um golpe de sorte e ciência, Rogers se torna o Capitão América, destinado a lutar contra a Organização Hydra e seu líder, Caveira Vermelha (Hugo Weaving).

Uma das maiores preocupações dos fãs em relação às adaptações para o cinema, tanto de quadrinhos como de livros, é a mudança em certos aspectos da história. Algumas alterações surgem para o bem do filme, outras seriam melhores se simplesmente não existissem. No caso de Capitão América, as mudanças tomaram um rumo muito positivo, dando destaques merecidos e fazendo certas coisas soarem mais agradáveis. A primeira roupa do Capitão América, apesar de bem caricata, foi sabiamente usada como um golpe publicitário do exército americano para incentivar o patriotismo e o alistamento, depois foi melhorada e refeita em um molde mais sério para quando o Capitão entrasse em combate. Outra adaptação favorável foi na personagem Peggy Carter: nos quadrinhos, ela era somente a esposa de Steve Rogers, antes de sua transformação. No filme, ela mantém o posto de interesse amoroso do herói, mas também é sua conselheira e uma militar que sabe exigir respeito por sua imagem e posto no meio de tantos homens. Os atores Tommy Lee Jones e Hugo Weaving também merecem reconhecimento por exercerem seus papéis da maneira que sabem fazer melhor: Jones sendo durão e Weaving agindo ameaçadoramente.

Elenco principal de "Capitão América"

Infelizmente, certos pontos negativos devem ser levados em consideração nesta filmagem. Chris Evans entra em um personagem com uma personalidade diferente de outros papéis seus. Rogers é um garoto muito centrado, patriota e talvez até exemplar para alguns, diferente de Tocha Humana em O Quarteto Fantástico, um herói mulherengo e de ações inconsequentes. Talvez por isso sua atuação como o Capitão não seja tão marcante como ocorreu com outros Vingadores, Tony Stark (Homem de Ferro interpretado por Robert Downey Jr.) e Thor (interpretado por Chris Hemsworth). Os efeitos especiais deixam a desejar em algumas partes que o ator aparece absurdamente magro e de estatura baixa. E, talvez o que mais tenha pecado nesta produção, foi a semelhança da história com Indiana Jones, apontada pelo próprio diretor, Joe Johnston: o herói americano icônico na jaqueta de couro indo atrás dos vilões nazistas que querem dominar o mundo alheiamente a Hitler usando magia, sendo que esta magia misturada com ciência parece avançada demais até para as máquinas usadas pelo exército americano, que já eram além do real, na história. Em meio a estes pontos, é possível dizer que Capitão América – O Primeiro Vingador é um filme que diverte com seu visual e ação, mas que pode ser superado por outros do gênero.

Anúncios

Publicado em 17 de agosto de 2011, em Cinema e marcado como , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: