Descomplicando

Quarto com adaptações sutis para idosos. Arte: Luara Skrzek (Clique para ampliar)

Postado por: Luara Skrzek

Assim como as crianças precisam de atenção especial, pessoas de idade avançada e portadores de deficiência podem encontrar dificuldades e perigos dentro de casa (onde acontecem 75% dos acidentes com idosos). Não são necessárias mudanças drásticas nem muito dinheiro para tornar os ambientes da casa mais seguros. Veja o passo a passo do que deve ser feito:

 1) Quarto – a cama deve ser baixa, possibilitando que o idoso apóie os pés no piso ao se sentar, o que geralmente causa tonturas. As mesinhas de cabeceira ficam melhores se fixadas na parede, evitando que virem caso sejam usadas de apoio. Iluminação é um ponto chave no quarto, já que deve ser clara durante o dia, parcial à noite e nenhuma quando se estiver dormindo. Para isso, uma cortina fina, quase transparente (de voil, por exemplo) é uma boa opção para permitir que a luz do sol entre no quarto sem agressividade. À noite, procure deixar uma ou mais luminárias de piso em pontos estratégicos, impedindo assim que o idoso esbarre ou se machuque nas quinas dos móveis, sem tirar o sono de ninguém. Na hora de dormir o ideal é que nenhuma luz entre, o que proporciona um sono tranquilo. Cortinas do tipo “blackout” são perfeitas para tanto. No piso, emborrachados ou carpetes, nada escorregadio ou com brilho (porcelanato, nem pensar). Tanto para o idoso quanto para o portador de deficiência, procure deixar os ambientes o mais livre possível, sem fios, brinquedos espalhados e móveis que possam ser um obstáculo. Quanto menos, melhor.

Modelo de cozinha adaptada. Arte: Luara Skrzek (clique para ampliar)

 2) Cozinha – A grande vilã da casa. Primeiro de tudo: muito cuidado com facas, panelas e botijões de gás. Deixe sempre os cabos das panelas virados para dentro do fogão e se possível, mantenha o botijão do lado de fora da casa. Telefones de emergência devem estar à vista (com letras e números grandes, por favor). Para os cadeirantes, é muito importante deixar um vão livre embaixo da bancada da pia, para que eles possam se aproximar dela na hora de lavar louça, picar alimentos… Cooktops são bem mais práticos, já que possibilitam essa aproximação da cadeira de rodas quando instalados na bancada. Portas de correr nos armários são de lei, assim ninguém bate a cara de surpresa, além de poupar um bom espaço. Quinas são o terror de todos e podem fazer estragos feios, evite-as. Prefira os pisos emborrachados, mas caso o dinheiro não dê pra reforma, presenteie o vovô ou a vovó com um chinelinho com antiderrapantes na sola. E livre-se de todo e qualquer tapete, sem desculpas.

 3) Banheiro – Repetindo: piso em-bor-ra-cha-do. Sem tapetes. Chinelinhos antiderrapantes e antiderrapantes no box (este, de material resistente ou simplesmente cortinas) e na banheira. E a jóia da coroa: barras de apoio. São essenciais em ambos os casos, tanto para idosos como para deficientes, pois são elas que darão o equilíbrio. Portanto, se não pode reformar o piso, invista ao menos nas barras de apoio. Aqui você encontra todas as medidas certinhas delas. Banquinhos fixos à parede dentro do box são bons para sentar-se e ensaboar os pés e as pernas. Cabideiros perto da pia ou do chuveiro evitam que o piso fique todo molhado, um convite às quedas, fraturas… Por último mas não menos importante, não use chaves para trancar o banheiro, alguém pode precisar entrar para oferecer ajuda.

 Essas foram as dicas essenciais para casas adaptadas, lembrando que segurança nunca é demais.  Se tiver qualquer dúvida e um tempinho, é só consultar o manual de normas técnicas da ABNT ou se preferir, postar um comentário com a pergunta.      

Anúncios

Publicado em 8 de setembro de 2011, em Arquitetura e design e marcado como , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 11 Comentários.

  1. Alguns cuidados simples podem trazer muita segurança aqueles que cada vez mais precisam dela. Gostei!!

  2. Se todos pensássemos nesses detalhes, grandes acidentes seriam evitados… O pequeno hoje pode se tornar grande amanhã!

  3. ótimas dicas! gostei do que tu propôs pro banheiro! Beijos!

  4. bom post… são detalhes como estes que separam uma casa de um lar

  5. estou adorando este editorial!!! é muito difícil encontrarmos matérias boas, simples e úteis sobre arquitetura e design.. bom trabalho!!!!!!

  1. Pingback: Novas tecnologias e o Jornalismo na PUC-SP « 9focos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: