HQMIX faz homenagem à cartunista Glauco

Troféu Geraldão, homenagem a Glauco. Fonte: Troféu HQMIX

Postado por: Murilo Delbone

Viva o Glauco! Assim eu escutei, como todos no recinto, as palavras dos maiores cartunistas vivos no Brasil, saudando o companheiro assassinado em 2010, apenas uma das homenagens prestadas a Glauco Villas Boas no 23º HQMIX. Geraldão, seu personagem mais famoso foi transformado em troféu e entregue aos vencedores das diversas categorias da premiação. Beijos, sorrisos e condolências não faltaram, marcados pela lembrança de Glauco. A noite celebrada no Sesc Pompeia representa mais um ciclo na vida desses artistas, quando alguns ganham espaço e outros à imortalidade.

O especial do Glauco publicado pela folha depois de sua morte foi dado aos espectadores, deixados sobre os assentos. No centro do palco, em uma tela, exibiram o documentário “Angeli 24 horas” de Beth Formaggini, retratando a obsessão do cartunista pelo próprio ofício, ironicamente ele não compareceu por que estava trabalhando, segundo Laerte, o único dos “Los 3 Amigos” presente.

Serginho Groisman acompanhado da banda Altas Horas apresentou o evento, fazendo não só uma entrega de troféu, mas intercalando perguntas sobre vida e trabalho de cada um. Destaque para os comentários de Fábio Moon e Gabriel Bá, os gêmeos falaram sobre a dificuldade de se manter no mercado mesmo para artistas conhecidos, já que estes não podem parar nunca de apresentar trabalhos novos, “Se não publicar nada novo, eu sumo, é como se deixasse de existir”. Ainda sobre suas considerações, Moon e Bá afirmam passar mais tempo procurando maneiras de divulgar o seu trabalho do que propriamente desenhando.

Glauco e a turma da OBORÉ. Fonte: Obore

Confiram os premiados:

Adaptação para os quadrinhos: Os Sertões – A luta, de Carlos Ferreira (roteiro) e Rodrigo Rosa (desenhos), sobre a obra de Euclides da Cunha (Ática)

Chargista: Angeli (Folha de S.Paulo)

Desenhista Estrangeiro: John Romita Jr. (Kick-Ass – Quebrando tudo, da Panini)

Desenhista Nacional: Danilo Beyruth (Bando de dois, da Zarabatana)

Destaque internacional: Fábio Moon e Gabriel Bá (Daytripper, da Vertigo / DC)

Edição Especial Estrangeira: Ranxerox (Conrad)

Edição Especial Nacional: Bando de dois (Zarabatana)

Editora do ano: Quadrinhos na Cia.

Livro Teórico: Bienvenido – Um passeio pelos quadrinhos argentinos, de Paulo Ramos (Zarabatana)

Mídia sobre quadrinhos: Universo HQ

Novo talento (desenhista): Felipe Massafera (Jambocks! – Parte 1 – Prelúdio para a guerra, da Zarabatana)

Novo talento (roteirista): Daniel Galera (Cachalote, da Quadrinhos na Cia.)

Produção em outras linguagens: Malditos Cartunistas, produzido por Daniel Garcia e Daniel Paiva (Tarja Preta)

Projeto Editorial: Calendário Pindura 2011, de vários artistas (Pégasus Alado)

Publicação de Aventura/Terror/Ficção: Vertigo (Panini)

Publicação de Cartuns: Cócegas no raciocínio, de João Montanaro (Garimpo)

Publicação de Charges: Gibi do Glauco (Folha de S.Paulo)

Publicação de Clássico: Peanuts Completo, de Charles Schulz (L&PM)

Publicação de Tiras: Níquel Náusea – A vaca foi pro brejo (Devir)

Publicação Erótica: Quadrinhos sacanas – O catecismo brasileiro (Peixe Grande)

Publicação Independente de Autor: O Cabra, de Flávio Luiz (papel A2)

Publicação Independente de Grupo: Café Espacial, editada por Sergio Chaves e Lídia Basoli

Publicação Independente Edição Única (One-shot): Taxi, de Gustavo Duarte

Publicação Infanto-Juvenil: Pequenos Heróis, escrito por Estevão Ribeiro e desenhado por Mário César, Raphael Salimena, Jaum, Emerson Lopes, Ric Milk, Vitor Cafaggi, Leo Finocchi e Fernanda Chiella (Devir)

Publicação Mix: MSP + 50 – Mauricio de Sousa por mais 50 artistas (Panini)

Roteirista Estrangeiro: Joe Sacco (Notas sobre Gaza, da Quadrinhos na Cia.)

Roteirista Nacional: Danilo Beyruth (Bando de dois, da Zarabatana)

Tira Nacional: Piratas do Tietê, de Laerte (Folha de S.Paulo)

Web Quadrinhos: Linha do Trem, de Raphael Salimena

Prêmios eleitos pela comissão e pelos júris especiais

Caricaturista: Gustavo Duarte (Lance!)

Cartunista: Allan Sieber (Folha de S.Paulo)

Destaque Latino-Americano: La Fiesta Pagana, da Bolívia (La Rosca Comics)

Evento de Quadrinhos: Rio Comicon

Exposição: Zeróis, Ziraldo na tela grande (Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro)

Grande Contribuição: Flip – Feira Literária Internacional de Paraty, no Rio de Janeiro

Grande Mestre: Paulo Caruso

Homenagem Especial: Bar Tutti Giorni, frequentado pelos artistas gráficos de Porto Alegra/RS

Homenagem Especial: Revista Ilustrar

Publicação de Caricaturas: Bravo! – Literatura & Futebol (Abril)

Salão e Festival: 3º Salão Internacional de Humor da Amazônia

TCC – Trabalho de Conclusão de Curso: Leonardo Poglia Vidal, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, de São Leopoldo/RS, em Letras, por Quixote de Cerveisner – Estudo comparativo entre o capítulo VIII do Quixote de Cervantes e sua adaptação para os quadrinhos por Will Eisner

Tese de Mestrado: Marcia Casturino, da Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro, em História e teoria da arte, por Suehiro Maruo – O sublime e o abjeto como estética da existência

Tese de Doutorado: José Mendes André, da Universidade de São Paulo, em Arquitetura e urbanismo, por Quem não chora não mama! Panorama do design gráfico brasileiro através do humor 1837-1931

Fonte: Universo HQ

Publicado em 21 de setembro de 2011, em Geek e marcado como , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: