Selton Mello fala sobre seu novo filme, “O Palhaço”

Elenco em cena do novo longa de Selton Mello. Foto: Divulgação

“Eu faço o povo rir, mas quem é que vai me fazer rir?”, pergunta Benjamin, protagonista de O palhaço. A fala sintetiza bem o dilema enfrentado pelo personagem que está desencantado, que não se reconhece mais na profissão. “É a história de um palhaço que acha que perdeu a graça”.

O filme, que entra em circuito nacional nesta sexta-feira, promete angariar grande público, como já o fez no Festival de Paulínia, onde conquistou 4 prêmios: melhor diretor, roteiro, ator coadjuvante (Moacyr Franco) e figurino. Durante sua primeira exibição na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, dia 24 de outubro, a sala 1 do Cine Livraria Cultura esteve lotada e, entre os espectadores, estava o elenco do filme, incluindo Selton Mello, que conversou com o público após a sessão. Confira os melhores momentos da conversa com roteirista (em conjunto com Marcelo Vindicatto), diretor e protagonista do longa.

O filme é notavelmente comercializável, mas de uma beleza única. Você está satisfeito com o resultado final?

Fizemos o filme que sonhávamos. Um filme sonhador, cheio de delicadeza. Eu sinto falta disso como espectador. A história é muito clara, mas sem dar as coisas mastigadas. Queríamos fazer um filme claro, sem ser simplório; fazer um filme para o grande público, sem perder a camada sensível de entendimento; popular, sem perder a ternura. É o caminho do meio, que eu não vejo ninguém fazendo. Ou é muito radical, ou muito popular. Mas será que não é possível fazer um filme que se comunique, mas que seja sensível?

Quanto tempo levou o processo de criação do filme desde o momento da maturação da primeira ideia até o produto final?

Desde o dia que falei para Vânia [Catani, produtora] que queria fazer um filme de um palhaço que acha que perdeu a graça para hoje, passaram-se 37 meses.

A Fotografia do filme é muito bela. Teve alguma referência de filmes antigos para compor a fotografia?

Referências sim, um filme sempre tem. Mas o barato era achar nossa cara, nosso modo de contar a história. Fazer um filme de circo sempre resvala no Fellini. A gente tem que driblar isso na trilha sonora, nas cenas, porque a força imagética que ele imprimiu com o circo é muito violenta. A gente achou nosso jeito de fazer esta história.

É curioso também que as pessoas sempre identificam o Fellini, mas poucos conseguem enxergar o Escola ou o Kusturica aqui. E o Didi Mocó, na memória mais calorosa da infância.

Na tela, o elenco parece ser genuinamente de circo, uma trupe de verdade.  Como você o reuniu?

O grupo foi vindo, foi se formando. Acredito muito nisso! Quando você faz teste de elenco, é impressionante! Parece que as pessoas foram feitas para aqueles postos. E quando aparece esses atores lindos na sua frente, você apenas diz: “Eu estava esperando ele, pronto pra ele!”.

E como foi o processo para desenvolver as personagens já que cada um tem sua característica própria? Vocês entraram em contato com gente do circo?

A gente teve o auxílio luxuoso da Alessandra Brantes! Mas também o elenco é muito apropriado, com uma vontade enorme de fazer um humor sutil, um humor que não forçasse a barra, não arrancasse o riso à força – uma coisa que acontece muito hoje. Os atores estavam muito bem escalados, então não tinha muito que fazer: bastava ser, bastava estar em cena. Metade do caminho para fazer um bom filme é escalar bem o seu elenco e sua equipe.  E está claro na tela a onda que foi fazer esse filme!

ASSISTA AO TRAILER!

Anúncios

Publicado em 26 de outubro de 2011, em Cinema e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Selton Mello sempre surpreende o público! Adoramos o trabalho dele!

    Ótima cobertura! (:
    Acompanhem a nossa tb!

  1. Pingback: “O gato bebe leite, o rato come queijo e eu sou palhaço!” « 9focos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: