A “primeira vez” (de Glee) nunca se esquece

Foto: divulgação 

A primeira relação sexual de Kurt e Blaine foi muito criticada por organizações conservadoras

Postado por: Tarsila Zamami

Os fãs estavam apreensivos para a repercussão do episódio de Glee, exibido no dia 8 de novembro, nos Estados Unidos. E parece que essa apreensão estava certa: falar sobre a primeira vez dos personagens rendeu muita polêmica.

E isso não se deve pela primeira vez dos personagens Rachel (Lea Michele) e Finn (Cory Monteith), até pouco comentada, mas sim pela primeira relação sexual dos personagens Kurt (Chris Colfer) e Blaine (Darren Criss), namorados na série.

O Culture and Media Institute, como foi divulgado pelo site Vírgula, afirma que o seriado promove uma “propaganda homossexual” e que está “ultrapassando os limites do que é aceitável na TV Aberta”. Já o Parents Television Council (PTC) emitiu um comunicado no dia da exibição, criticando o episódio e enfatizando que o motivo da crítica não está em exibir uma relação homossexual, e sim exibir qualquer cena de sexo, já que existem muitos fãs mirins da trama: “o fato de Glee celebrar crianças fazendo sexo é repreensível. O gênero dos personagens é irrelevante”.  Segundo divulgou o site Pipoca Moderna, para o presidente da PTC, Tim Winter, “A Fox sabe que a série inerentemente atrai crianças. Celebrar o sexo adolescente constitui uma imprudência grosseira”, disse.

Ryan Murphy, criador de Glee, rebateu as críticas dizendo que o intuito era dar a mesma importância para relacionamentos entre casais héteros e gays: “Todo mundo já viu um casal hétero perder a virgindade, mas alguém desenvolveu uma história hétero e uma gay ao mesmo tempo e deu importância igual para as duas coisas? Essa parecia uma escolha mais excitante, uma coisa nova”, declarou em entrevista ao site Entertainment Weekly.

Confira aqui o vídeo promocional do episódio.

Anúncios

Publicado em 16 de novembro de 2011, em TV e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. Adorei a matéria. Concordo com o Ryan Murphy, ok? haha

  2. Foi ridícula a polêmica criada em cima deste episódio.

    Além das cenas terem sido super leves (não mostraram nada….só abraços e o amor que existe entre os casais) só teve repercussão devido a ter um casal homossexual na trama.

    Concordo plenamente com Ryan Murphy e só passei a gostar mais da série depois deste episódio.
    As pessoas ainda não estão abertas à um diálogo sobre sexualidade.

    P.S: parabéns pelo texto 😉

    • Olá, Vinícius!

      Para variar, as organizações conservadoras fizeram muito alarde por pouca coisa.
      Disse tudo! As pessoas não estão abertas à um diálogo sobre sexualidade, ainda mais quando se trata de um casal homossexual.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: