Por baixo da pele que habitamos

Antonio Banderas e Elena Anaya em “A Pele que Habito”, novo filme de Almodóvar (Foto: Divulgação)

Postado por: Jacqueline Elise

Aqui vai um pequeno fato sobre a nova obra de Pedro Almodóvar: é praticamente impossível falar de A Pele que Habito sem entregar algum detalhe crucial da história. E este é o típico filme que deve ser visto sem saber o que vai acontecer, sem expectativas. Talvez esta seja a película mais “deslocada” do diretor espanhol, pois não se parece muito com qualquer um de seus trabalhos anteriores. Aqui, Almodóvar procurou se aventurar pelo suspense e talvez um gênero que possa ser considerado como “terror psicológico”, mas a verdade é que não há palavras precisas para classificar tudo que o filme engloba.

Sinopse: Richard Ledgard (Antonio Banderas) é um cirurgião plástico que após a morte da sua mulher num acidente de carro se interessa pela criação de uma pele com a qual poderia tê-la salvo. Doze anos depois, ele consegue cultivar esta pele em laboratório, aproveitando os avanços da ciência e atravessando campos proibidos como os da transgênese com seres humanos. No entanto, este não será o único delito que o cirurgião irá cometer. (Fonte: CineDica)

Se a intenção de Almodóvar era deixar seus espectadores curiosos, então ele conseguiu. Desde o lançamento dos trailers, era muito difícil entender qual seria o tema do filme, e mesmo as sinopses não conseguem transmitir nem metade da complexidade presente em A Pele que Habito. Insano, instigante e até perturbador, o diretor conseguiu cativar e também deixar algumas pessoas perplexas com o resultado final desta história, sem contar a reflexão interna (e excelente) sobre gênero que fica aberta para discussão. Com certeza este filme não deve passar despercebido e pode ser considerado um dos melhores lançados em 2011.

Assista ao trailer de A Pele que Habito aqui.

Anúncios

Publicado em 16 de novembro de 2011, em Cinema. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Filme sensacional. Recomendo 😀

  2. Melhor filme do ano, sério.

  3. Meninas,

    Tirar o link quebrado da foto de Tropa de Elite 2. Abs
    Pollyana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: